sábado, 24 de julho de 2010

meta


imagem: flickr/iragerich

consumar-te
consumir-me
em tua chama:
comungar-me
conjugando-te
os sentidos:
meta.

3 comentários:

Cosmunicando disse...

eu não sei nem comentar, danilo... isso é que é síntese, o resto é resumo :)
maravilha, poeta!
nessa meta a metade é um inteiro.
abraços

Adriana Godoy disse...

Essa meta é o que há de melhor...bom te ler, Danilo. Beijo

Albuq disse...

E que meta!
bjs